There was an error in this gadget

6/19/2006

descontrole

Sai Daqui
Vai pra longe
suas maos frias, seu sorriso em farrapos e as palavras falsas
(que nem suas são, copiou de alguma musica)...
Me fazem mal
Não consigo respirar com você por perto
Você não vai conseguir me exibir como um troféu...
Pelo menos não dessa vez
Minha pressão sobe e minha voz treme
Minhas pernas enfraquecem e seguro as lágrimas
Minhas unhas crescem na ânsia de te arranhar
Vai embora...
ter você por perto me faz mal

...

Onde você está?
Não vai pra tão longe assim
sua cadeira vazia seu prato sobre a mesa
e as palavras que você copia de alguma musica...
Me fazem falta
Não consigo respirar sem você por perto
Você não vai conseguir me jogar fora como se eu fosse descartável...
Pelo menos não dessa vez
Minha pressão cai e minha voz se esvai
Ando de um lado pro outro e as lágrimas tomam conta do rosto
Minhas unhas sangram de tão roídas
Volta agora...
ficar longe de você me faz mal

descontrole...

1 comment:

Mariana Freire Cabral said...

Nossa!
Que mudança, hein, entre a primeira estrofe a a outra...

Massa... é... só isso mesmo...
Qaundo eu tô online pra fazer trabalho eu quero fazer tudo menos o trabalho... c'es la vide... ou seja lá como se escreve isso.

Amei o: "minhas unhas crescem na ansia de te arranhar"