There was an error in this gadget

4/04/2008

Esperando alguém que caiba nos seus sonhos...

Sentada à porta da casa azul,
Vendo o tempo passar...

Esperando alguém que caiba nos seus sonhos

Que lembre o mar, de tão belo e forte que é
Que lembre o ar, de tão necessário e delicado que é
Que lembre o fogo, de tão destemido e alegre que é
Que lembre a terra, de tão paterno e cuidadoso que é

De ombros confortáveis como a cama num domingo de manhã
Com assuntos intermináveis que não cansam nunca
Dono de um abraço urso que traz recordações que fazem chorar
Que a faça sentir falta quando estiver ausente por alguns minutos

E morrer de saudades se resolver partir pra sempre
(Apesar de preferir morrer de amor se resolver ficar pra sempre)

Ela espera alguém...

que lhe surpreenda...
que lhe alegre...
que lhe abrace...
que lhe dê segurança...
que lhe seja fiel...
que lhe complete...




Parou de sonhar, subiu os degraus, abriu a porta, brincou com o cachorro, deu ração, encheu um copo de leite e Toddy, ligou a TV e se sentou. Já passava das seis, hora da novela.

1 comment:

Felipera said...

meu Deus... to pasmo com isso!!! vc postando isso tudo.