There was an error in this gadget

1/26/2007

Apesar dos pesares

Ninguém me disse.
Fui eu que vi.
No seu sorriso, a paz
Que me alcançou num pulo
E num segundo me senti
Feliz

E foi um nada só,
Foi um botão de flor
roubado dum buquê
Que alguém deu pr'álguem
Nem cartão botei
E por isso cê nem sabe que fui eu

Mas sorriu
Sorriu chorando
agradecendo
E abraçando um por um
'Se foi você, Obrigada!
Se nao foi, olha o que eu ganhei!!'

E sorriam ao seu redor
'ah quero ganhar um também'
O que não entendiam era só
O porquê desse botão ser seu

É porque você merece
É porque você existe
É porque você insiste
Em ser feliz

Apesar dos pesares


__________________________________________________
Exista! Insista! Mereça! Vale a pena sim!
CARPE DIEM

3 comments:

Pankwood said...

Oi Perci, vi seu comentario no meu blog e gostei muito, mas fiquei curioso com uma coisa, onde voce me achou ?

Ahhh, deixei um recado pra voce no meu blog hoje, passa lá pra ver !

Abraços

Mariana Freire Cabral said...

Sim... realmente pisou.
Tô meio sem rumo... sei lá.

Pankwood said...

Vc acertou a imagem do meu blog, vo faze uma propagandinha do seu blog como premio(simbolico).

Esperando novos posts...