There was an error in this gadget

7/03/2006

metro e meio

Canta pra mim
Sussurrado, ao pé do ouvido
Me deixa ouvir
Coisa qualquer que pr'outra não faz sentido
Me abraça assim
Meio tímido, escondido
Me faz sentir
No seu ombro mais que um amigo

Tanta distância
Metro e meio entre nós dois
Não cabe mais
Chega mais perto
Deixa o resto pra depois
Depois...tanto faz

Vem e me diz
-Que bafafá isso vai dar!
Coisa que vi
É que o bafafá veio só pro lado de cá
Mente pra mim
Que não carece preocupar
Me convence assim
Que vale a pena te esperar

Tanta distância
Metro e meio entre nós dois
Não cabe mais
O relógio tá certo
Foi você quem se atrasou
Agora...tanto faz

1 comment:

Mariana Freire Cabral said...

Só vc memso pra me fazer ler uma poesia inteira, e o pior: ainda gostar dela, hehe

Massa ela.. é sua?
se for, vou tranformar em música...
Num pode dar mole perto de mim com poesia mais não, hein?