There was an error in this gadget

6/16/2006

sorrisos mudos

Esses sorrisos pregados nas paredes estão mudos...
Ou entao a eles não convém dizer palavra alguma por ti, em tua defesa
Onde estás?
Hora dessas deve estar com ela
Ou com eles, ou com elas
Se estiveres com ela...Estariam rindo de mim?
Ou não cabe no aperto dos vossos abraços meu vulto transparente?
Se estiveres com eles...Estariam falando de mim?
Ou não cabe entre um e outro copo a extensão do meu nome?
Se estiveres com elas...Estarias querendo fugir?
Libertar-se das mãos, dos olhos e dos encantos delas, das tentativas vãs de roubar-te um beijo, escapar por alguma janela que não possa ser vista pelos que não agonizam o amor... seria a tua vontade então?
Claro que seria...
Pois bem sei que seu coração mora com aquela que pode queimar até meu ultimo fio de esperança e afoga nos olhos o meu vão querer
Os sorrisos nas paredes continuam mudos...
Ouço agora apenas as vozes das lágrimas...

No comments: