There was an error in this gadget

4/22/2010

five hundred, twenty-five thousand and six hundred minutes

Um ano.


Exatamente um ano desde o ápice do meu mais recente inferno astral.
Um ano desde que meu mundo virou de cabeça para baixo.

Estou no mesmo lugar, porém, milhas à frente de onde estive.
Sou eu mesma, mas nunca mais serei a mesma.
Minhas lágrimas são mais maduras e não se deixam rolar por qualquer coisa,
Meus medos são outros,
Meu coração passou a confiar desconfiando... numa parceria essencial que fez com uma novissima audição seletiva.


Um ano desde que a confortável zona de acomodação e ilusão se transformava em caos.





Amanhã faz um ano que 3 amigos me fizeram chorar no hall do prédio em que eu morava (eu morava?) com um video que eu adoro rever, que faz eu me sentir bem quando estou triste. E que (que bom, eu acho) eu tenho assistido menos vezes nos ultimos tempos, pois tenho me sentido triste menos vezes.


Tanta coisa aconteceu... tanta coisa mudou... tanta gente entrou na minha vida... um amor entrou na minha vida (pra ficar de vez)... algumas pessoas saíram da minha vida (que sigam as suas, felizes, prá la)




e eu? aaah eu vou agradecendo meu São Jorge.

2 comments:

Felipera said...

que seja eterno enquanto dure...

Carol said...

É, a vida está sempre dando voltas, nos preparando surpresas, ora agradáveis, ora não tão agradáveis assim.
Já passeio por vários momentos como o seu, mas quanto mais no fundo eu chegava, maior era o impulso para a minha subida.
Agora infelizmente estou em declínio, mas com certeza logo encontrarei um piso firme para subir de novo.
Adorei seu blog.
bjs