There was an error in this gadget

7/01/2009

Glub Glub

Era escuro, mas tinha algumas luzes provenientes das latas que traziam e levevam os peixes. Eram muitos peixes, indo e vindo, não sei de onde e não pra onde. E os peixes estavam fantasiados de gente. Eu era um peixe também.

De pé, eu estava num coral arenoso, esperando algo junto com outros peixes. Várias latas passavam, beeem devagar. Vários peixes passavam também, em fila. Uma lata grande parou em frente ao coral onde eu estava, muitos peixes se jogaram dentro dela. Entendi como devia funcionar, mas a lata que eu queria, nao vinha. O estranho é que as latas se pareciam muito, mas nós, os peixes escolhíamos mesmo assim.

E lá vinha a lata que eu queria. Eu só não. Mais um monte de peixes. Depois que eu estava dentro da lata é que entendi, eu era uma sardinha. Todos nós éramos. espremidinhos dentro da lata. De quando em quando um ou outro peixe aproveitava que a lata parava e saltava fora enquanto outros tantos entravam e se espremiam na lata conosco.

Dado momento eu senti que deveria saltar fora também. A lata parou. Me joguei pra fora dela. Olhei para as latas que estavam à frente desta. Vi a outra lata que eu queria!!! Nadei tão veloz quanto consegui, mas a lata já ia partindo. Por sorte, de um coral suspenso pendeu uma luz vermelha que fez a lata parar. Abriu-se a porta e eu me re-enlatei.

Mas logo em seguida paramos em um coral onde um cardume enorme saiu da lata e eu percebi que, daquela maneira - quase vazia - a lata era até bem confortável. Me aconcheguei onde deu, sentada (eu era um peixe fantasiado de gente, lembra? Se fosse um peixe fantasiado de peixe, nao tinha como sentar) e a lata seguiu.

O ritmo das latas naquele fluxo quase automático era moroso, lerdo... Me percebi cansada. Dormi. Num solavanco algum tempo depois, acordei num susto e pulei da lata. Infelizmente, no coral errado... eu somente deveria saltar no próximo coral.

Fui em busca de algum alimento, já que eu estava ali. E depois nadei por uns corais até encontrar um que eu pudesse descansar. Já que no dia seguinte eu teria que me re-enlatar e desenlatar mais umas tantas vezes.


________________________________________________________________
Pode até ser beeeeem viajado e idiota esse post... mas eu acho mais interessante do que a realidade, que ficaria assim:


Saí tarde do trabalho. Peguei um ônibus lotado e depois, mais outro ônibus lotado. Consegui sentar, dormi, acordei assustada e desci no ponto errdo (lesada), aproveitei que estava em frente ao Carrefour e comprei leite. Dae eu fui pra casa.


ah... eu prefiro o esquema dos peixes Oo

3 comments:

Gustavo Ribeiro said...

Eu te pergunto: você é normal? rsrs

Gustavo Ribeiro said...

A soma dos números foi coicidencia bem e ele serve para evitar spams, mas mesmo assim tem alguns que ainda passam ;)


bjo

Jullia Aranha Amaral said...

bizarro! mas é uma analogia bacana